quarta, 19 de dezembro de 2018

Visão 2013

09 Julho 2018

GESEL na mídia: Há bastante interesse do setor privado e o governo aproveitará isso, avalia Nivalde de Castro

Coordenador do Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel) da UFRJ, Nivalde de Castro, observa no caso do leilão da Cesp, que a empresa não participou de nenhum leilão nos últimos anos, o que mostra que o Estado não tem mais interesse em investir no setor. “Há bastante interesse do setor privado. E governo vai aproveitar para fazer caixa”, avalia. Outro fator que aumenta as chances de venda é a recente desvalorização do real frente ao dólar, que “barateou” o custo de possíveis aportes de grupos estrangeiros. Em agosto do ano passado, o dólar estava cotado na casa de R$ 3,15, ante o patamar atual de R$ 3,90. Segundo Castro, entre os cotados para dar um lance está o grupo franco-belga Engie, que figura entre as líderes privadas de energia elétrica no Brasil, e a China Three Gorges (CTG), que comprou as usinas de Ilha Solteira e Jupiá, até então pertencentes à própria Cesp. Entre os grupos nacionais, a gestora Vinci Partners já declarou interesse no ativo. (O Estado de São Paulo – 07.06.2018)

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo: